Teivas quer “Dança da Morgadinha” como Património Nacional da Cultura

14/06/2021 16:05

Pelo segundo ano consecutivo as Cavalhadas de Teivas não vão sair à rua devido à atual situação pandémica que assola o país.

A Associação Cultural, Recreativa e Social de Teivas aproveita, assim, esta altura para apostar na integração das Cavalhadas e da Dança da Morgadinha como Património Nacional da Cultura.

Alexandra Sá, dirigente da associação, refere ao Diário de Viseu que estão em fase de criação de portefólio e que «é preciso um extenso documento para apresentar, vão ser recolhidas todas as evidências e todo o tipo de elementos para comprovar a candidatura».

No dia 20 de junho, domingo, irá ser colocado um carro no Rossio «para assinalar a data» e lançar o desafio da recolha de informação, para que quem tenha elementos referentes às Cavalhadas e à Dança da Morgadinha possa partilhar com a associação de modo a que até ao final do ano toda a documentação esteja pronta para entrega.

Teivas quer assim imortalizar as suas tradições e elevá-las a um novo patamar. «As expectativas são boas. Temos, garantidamente, muito trabalho pela frente, porque não é uma coisa simples, mas é um objetivo. O carácter da Associação de Teivas são as Cavalhadas e a Dança da Morgadinha, e não podemos deixar que este património se perca» refere a dirigente da associação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *