Teatro Viriato com «novas perspetivas e novas vozes» de abril a julho

01/04/2022 18:06

O Teatro Viriato inicia, hoje, 1 de abril, uma nova temporada. Até julho é proposta «uma navegação por novas perspetivas e novas vozes, que nos incentivam a renovar a esperança num mundo melhor e a florescer em ideias, encontros, reflexões e preciosos momentos de lazer. Porque a Arte mesmo em tempos difíceis será sempre motivo de união, entusiasmo e renascimento», refere o Teatro Viriato.

Uma oferta que comtemplará Teatro, concertos, dança, laboratórios, exposições, estreias e tantas outras sugestões.

«Iniciamos a temporada hoje, dia 01 de abril, com a apresentação de “Pantera” de Clara Andermatt e João Lucas. Seguimos com a estreia mundial da peça de teatro musical “J-CHOES – J’AI FAIM”, no dia 08 de Abril, no âmbito do Festival Hans Otte : Sound of Sounds, associamo-nos uma vez mais ao “Festival Internacional de Música da Primavera”, celebramos o Dia Mundial da Dança e terminamos o mês com um concerto único em Portugal», explica o Teatro Viriato.

«Em maio, saímos para fora do edifício, com duas propostas culturais muito diferentes. Levaremos o público até à Biblioteca Municipal de Viseu, onde será apresentada a peça de teatro “Biblioteca do Fim do Mundo”, de Alex Cassal. Ao abrigo da Rede Cultural Viseu Dão Lafões, percorreremos os municípios que integram a esta região com um conjunto de propostas culturais que inspirem as pessoas a aproveitar as noites de primavera e verão ao ar livre. Iniciaremos um Clube de Leitura com a companhia Teatro da Cidade e iremos refletir sobre a o que é a língua portuguesa na estreia “Outra Língua”, de Keli Freitas e Raquel André. Mas também teremos dança neste mês com a performance “5, 6, 7, 8 AND ONE”, de Martim Pedroso e a sua Nova Companhia», revelam.

«Em Junho, acolhemos a estreia de “Another Rose”, um trabalho de Sofia Santos Silva, vencedora da Bolsa Amélia Rey Colaço. Também os artistas associados Sónia Barbosa, com o seu projeto “Noite Fora” e Romulus Neagu com a performance “To our nothing” integram as propostas culturais da nova temporada. Junho e julho ficam ainda marcados pelas parcerias com a Escola de Dança Lugar Presente, com a Escola Superior de Teatro e Cinema e com os Jardins Efémeros», finalizam.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.