Sernancelhe e Penedono acolhem “Beira Alta O’Meeting”

13/01/2022 14:12

Nos dias 22 e 23 de janeiro, o Clube de Orientação de Viseu – Natura organiza três diferentes etapas de orientação, que decorrem nos concelhos de Penedono e Sernancelhe. A prova irá juntar mais de 500 participantes de 20 nacionalidades diferentes.

Para o primeiro dia de manhã, sábado, está reservada uma etapa de distância média pontuável para a Taça de Portugal de Orientação, nas proximidades da Aldeia de Penela da Beira. Os percursos inauguram um nova mapa, caracterizado pela diversidade, já que percorre zonas de floresta e áreas rochosas, com um desnível acentuado.

No mesmo dia, da parte da tarde, a prova passa da floresta para o ambiente urbano, com a realização de uma etapa de Sprint no novo mapa da Aldeia de Penela da Beira. A etapa será pontuável para o Ranking Mundial de Orientação (WRE). Este Mapa conta com uma vasta rede de ruas e passagens estreitas, que obrigam os orientistas a tomar várias decisões de escolha de itinerário, em poucos minutos e alto ritmo, se quiserem voltar para os seus países com
uma boa pontuação para o World Ranking Event (WRE).

No domingo, e como novo mapa a estrear, a prova muda de concelho, para a aldeia de Vila da Ponte em
Sernancelhe. Realiza-se, para muitos, a etapa rainha do evento, a distância Longa, pontuável também para o WRE.

Com centro do evento no campo de futebol da Vila da Ponte, os atletas percorrerão uma vasta área florestal em redor da aldeia.

Além de atletas seniores da elite mundial, o evento irá contar com os melhores atletas do mundo nos escalões mais jovens. A proximidade geográfica com Aguiar da Beira, local escolhido para organizar (já este ano) o Junior World Orienteering Championships, foi mote para a escolha do BEIRAOM’22 como evento crucial para a preparação dos
campeonatos do mundo de muitas seleções nacionais.

A organização explica que está a «preparar percursos adequados para todo o tipo de participantes: orientistas, corredores, famílias, grupos, etc.

Numa altura em que o número de casos positivos de Covid-19 continuam altos, a organização esclarece que a «atual situação pandémica em Portugal e no Mundo, não são impeditivas para a realização de um evento de Orientação».

«A Orientação é um desporto seguro. Além de ser um desporto ao ar livre, na orientação os atletas não partem em massa, nem têm todos o mesmo percurso. As partidas são feitas minuto a minuto, e cada atleta define o seu próprio caminho, evitando assim aglomerações e ajuntamentos não aconselhados para a época que vivemos. Além disto, várias medidas preventivas serão tomadas, como: testagem de atletas, medição de temperatura nas partidas, etc», acrescentam.

Com o apoio do Município de Penedono, Município de Sernancelhe, Junta de Freguesia de Penela da Beira, Junta de
Freguesia de Vila da Ponte e Federação Portuguesa de Orientação, a organização promete um «fim de semana fantástico de desporto e de orientação».

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.