ENTREVISTA: Rota dos Rios e Levadas em Oliveira de Frades, a beleza das cascatas

25/08/2020 20:00

A rota dos Rios e Levadas mostra a beleza natural destas terras acompanhada pelos vestígios da presença humana. Este PR veio valorizar o património já existente, reabilitou trilhos que ficariam abandonados e acrescentou pontes, escadas e cordas, que possibilitam a observação das várias cascatas e beleza dos rios.

Fique com a apresentação deste percurso feita pela Vereadora da Câmara Municipal de Oliveira de Frades, Clara Vieira. 

Em que ano foi criada a rota e porque?

Foi criada em 2015, para que os visitantes possam desfrutar da beleza natural e fora de vulgar, através dos carreiros e levadas junto ao rio Gaia. É um trajeto fresco, com muita água, com aproximadamente 12Km. É um percurso circular que tem início e fim junto à sede da Associação Académica de Santa Cruz, em Santa Cruz, Arcozelo das Maias.

Carlos Pinto - Wikiloc

Quais são os principais pontos de atração desta rota?

Os caminhantes que a fizerem ficarão deslumbrados pela beleza natural do Rio Gaia e das ribeiras da Lavandeira e Tombos, onde poderão encontrar diversas Quedas de água, demominadas “Pena Quebrada”, “Pego” e “Tombos”.

Os dois primeiros atrativos são a passagem da lavandeira entre pedras e as quedas de água do Silval, os caminhantes poderão seguir pelas levadas que servem de trilho, entre estes dois pontos.

Pelo caminho encontrarão duas pontes, a Ponde de Pedra e a Ponte de Madeira, que serve de passagem para observação da queda de água do Sival.

A mina e poço de mouros e as ruínas dos moinhos, serão também lugares de passagem, não só desta rota mas também do percurso pedestre PR2 – Rota do Gaia.

A nível de património histórico podemos destacar o Solar Maria Cristina em Fornelo e a Capela de Nossa Sra. das Maias, e locais envolventes. O Espaço de Lazer de Virela, recentemente construído pela Junta de Freguesia de Arcozelo das Maias, servirá de ponto de apoio para os pedestrianistas efetuarem as suas pausas não só com o objetivo de se refrescarem, mas também para fazerem as suas refeições.

A panorâmica sobre a albufeira de Ribeiradio, é sem duvida, mais um ponto de passagem a recordar.

Carlos Pinto - Wikiloc
Carlos Pinto - Wikiloc

Que níveis de dificuldade existem? E para quem é direcionada este rota?

Esta rota está categorizada como nivel IV – Dificil, pelo que será mais adequeada a pessoas com uma boa mobilidade.

Carlos Pinto - Wikiloc

Como são os acessos e o socorro em caso de acidente?

Os acessos em casos urgentes são bastante dificeis pois trata-se de um trilho como já referi, para caminhantes com boa mobilidade e alguma experiencia em percursos pedestres.

Qual a melhor altura do ano para a realizar?

O percurso passa maioritariamente por zonas de grande concentração de água, junto ao rio Gaia e ribeira dos Tombos, pelo que é aconselhável que se faça em épocas de pouca precipitação. 

Há algum evento anual em torno da rota? 

Não existe realmente nenhum evento anual ligado à temática desta rota, no entanto, o nosso muncipio valoriza a organização de diversos percursos temáticos ao longo do ano.

Estão projetadas melhorias ou alterações na rota?

As alterações estruturais já foram concluídas, mas há sempre espaço para melhorias e a manutenção do percurso está sempre a ser implementada.

Carlos Pinto - Wikiloc

Tem trazido algum retorno para a economia local?

Desde a sua criação que a rota tem trazido um retorno anual elevado para associações locais, restauração e alojamento, e vários são os caminhantes que se deslocam ao nosso muncipio para fazer as nossas rotas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *