Requalificação do Museu de Lamego prevista para o primeiro trimestre de 2023

22/11/2021 12:36

A intervenção prevista no Museu de Lamego vai avançar, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). A cerimónia de assinatura dos contratos interadministrativos de cooperação para este efeito decorreu no passado sábado, dia 20 de novembro, e contou com a presença da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, e da secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Ferreira.

No total prevê-se uma verba que ascende os 1,2 milhões de euros para a requalificação e colocação de internet “wi-fi” no Museu de Lamego e no Convento de Santo António de Ferreirim, que integra a Rede de Monumentos do Vale do Varosa.

Estes espaços estão entre os museus, monumentos e palácios identificados como de intervenção prioritária no âmbito das verbas do PRR. O início dos trabalhos está previsto para o primeiro trimestre de 2023.

«Tem sido notável o trabalho de requalificação realizado em Lamego nas últimas duas décadas com vista à vivenciação dos seus espaços patrimoniais e para aproveitamento turístico. Embora o PRR tenha sido feito sem grande auscultação às entidades regionais e aos municípios, acreditamos que os projetos previstos são os melhores e os valores vão ser corretamente aplicados”», revelou Francisco Lopes, Presidente da Câmara Municipal de Lamego, durante a cerimónia.

Contudo, no seu discurso o autarca confessou que o património lamecense apresenta ainda «algumas lacunas», que poderão ser valorizadas no âmbito do PRR ou do próximo quadro comunitário. No seguimento desta afirmação, solicitou requalificações, no futuro, da Igreja de Santa Cruz, da Capela de Nossa Senhora dos Meninos, da Capela da Esperança e do Santuário e Mata dos Remédios.

As obras contempladas no contrato incluem a renovação das condições infraestruturais, com a reabilitação de coberturas e fachadas, a instalação de sistema de climatização e revisão de equipamentos elétricos, telecomunicações e segurança, arranjos exteriores e melhoria efetiva das condições de acessibilidade de todo o equipamento, além da instalação da rede wifi.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *