Paulo Marques toma posse e assume «mudança de ciclo» em Vila Nova de Paiva

18/10/2021 18:53

Eleito pelo Partido Socialista nas eleições autárquicas, de 26 de setembro de 2021, Paulo Marques tomou posse, esta segunda-feira, como novo Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Paiva.

No discurso de tomada de posse, o autarca vincou que, com a sua entrada, há uma mudança de ciclo: «Se fosse para fazer igual, para ser mais do mesmo, fosse bom ou mau, não me candidataria».

Para o novo ciclo, Paulo Marques pretende que o concelho «se afirme no contexto regional» e, ao mesmo tempo, procura uma afirmação da «identidade própria, das gentes» de Vila Nova de Paiva, «dos produtos e das paisagens». Acrescenta que, será, ainda, a «afirmação de um concelho mais moderno, capaz de atrair empresas e emprego, capaz de ser um bom concelho para viver, para crescer, para constituir família, para envelhecer».

Paulo Marques procurará «um concelho melhor, mais desenvolvido e capaz de ombrear com os concelhos vizinhos e da região», acrescentando que, pretende fazer de Vila Nova de Paiva, «um concelho de futuro».

O novo Presidente da autarquia paivense realça que, colocará em prática um programa «ambicioso mas exequível».

«Um programa sério, virado para a resolução dos problemas concretos da nossa população, ao mesmo tempo que, projetamos o concelho para uma dimensão de maior desenvolvimento, de crescimento, sempre com sustentabilidade», afirma.

De acordo com o novo líder do executivo, este, trabalhará com coerência, honestidade e transparência», como base de sustentação para a «credibilidade».

«Será a nossa credibilidade que fará com que o nosso município seja mais apoiado, financiado, visitado e requisitado», reitera Paulo Marques.

Foi, ainda, momento de apelar à união de esforços.

«Este é o primeiro dia de um novo futuro deste concelho. Faremos tudo para estar à altura dos vossos anseios, para responder aos vossos problemas. Vamos estar presentes junto das pessoas, dos empresários, das instituições, das associações, porque o novo futuro para o concelho passa por todos e tem de ser com todos», afirma.

Um esforço coletivo que envolve a oposição, a quem promete estar disponível para o diálogo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *