Oito novas localidades do distrito de Viseu passam a ‘Aldeia de Portugal’

16/03/2022 22:16

Esta quarta-feira, no primeiro dos cinco dias em que decorre a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), oito localidades da região de Viseu passaram à categoria de Aldeia de Portugal.

As localidades são classificadas como Aldeia de Portugal após a realização de um processo de candidatura, formalizado através da submissão de um formulário.

Este processo subentende uma visita técnica da equipa da ATA à aldeia candidata e a avaliação final pressupõe seis dimensões, entre elas a avaliação das características do edificado e o seu estado de conservação; o interesse natural/cultural; as ofertas turísticas; os habitantes e a vivência social; a acessibilidade rodoviária; e os serviços de saúde.

Às três que já faziam parte – Lapa, no Município de Sernancelhe, Mezio, no Município de Castro Daire e Granja do Tedo, no Município de Tabuaço -, juntam-se agora Castelo, no Município de Sátão; Esmolfe, no Município de Penalva do Castelo; Couto do Mosteiro, no Município de Santa Comba Dão; Quintela de Azurara, no Município de Mangualde; Oliveira do Conde, no Município de Carregal do Sal; Caldas da Felgueira, no Município de Nelas; Jueus, no Município de Tondela; e Marmeleira, no Município de Mortágua.

As ‘Aldeias de Portugal’ trata-se de uma rede interativa e colaborativa de aldeias, «assente na partilha e na utilização da metodologia e princípios da abordagem Leader para a co-construção de um projeto de desenvolvimento e valorização de cada aldeia, baseado nos seus recursos e potencialidades, no envolvimento da comunidade e atores locais (Câmara Municipal, Junta de Freguesia e Associações), liderado pelo GAL do Território com o apoio da ATA – Aldeias de Portugal», explica a organização.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.