Município de Santa Comba Dão une-se à GNR num projeto de teleassistência a pessoas vulneráveis

31/07/2021 18:14

O Município de Santa Comba Dão juntou-se à Guarda Nacional Republicana (GNR) na celebração de um protocolo, com vista a apoiar as pessoas mais vulneráveis do concelho.

A parceria está inserida no âmbito do Projeto de Teleassistência a Pessoas Vulneráveis (PPTV), uma iniciativa que se materializa na entrega de um dispositivo de contacto a cidadãos em situação de risco ou de vulnerabilidade, que permite a emissão, 24 horas por dia, de alertas, e o consequente espoletar de meios de assistência ou socorro.

O projeto dirige-se às pessoas idosas, em situação de dependência, incapacidade, solidão ou isolamento.

De acordo com a autarquia santacombadense, numa primeira fase de teste, serão incluídos cinco cidadãos, sendo, posteriormente alargado a mais pessoas, consoante as necessidades sinalizadas.

A cada um será entregue e explicado o funcionamento deste dispositivo, que permite comunicar bidirecionalmente com a GNR. Ao carregar no botão SOS, é feita uma ligação para a GNR que verificará o contexto do contacto. O mesmo equipamento permite que o utente seja contactado pela própria GNR, ao gerar alertas relacionados com potenciais quedas, imobilidade ou descarregamento de bateria.

O sistema de teleassistência será monitorizado em permanência através do portal E-Guard que vai passar a estar  acessível na Sala de Situação do Comando Territorial da GNR de Viseu, com a informação de todos os utentes do PPTV. 

Os custos de aquisição de equipamentos e outras despesas associadas à implementação deste projeto são da responsabilidade da autarquia.

Para Leonel Gouveia, Presidente da Câmara Municipal de Santa Comba Dão esta iniciativa representa «importante passo para estar na primeira linha no apoio a idosos, muitos sem retaguarda familiar e em situações de maior dificuldade».

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *