Moimenta da Beira dá a conhecer o concelho a grupo de montanhismo

04/03/2022 16:26

De 26 de fevereiro a 1 de março, Moimenta da Beira foi casa dos 41 participantes do Grupo de Montanhismo ‘Sempre por Maus Caminhos’.

Divididos pelos dias 27 e 28 de fevereiro, o programa contou com dois percursos.

O primeiro dia foi dedicado à natureza, cultura e tradição, tendo os visitantes começado na Serra de Leomil, com início em Ariz e fim em Alvite. De seguida visitaram, no alto, as torres eólicas decoradas pelos artistas plásticos Joana Vasconcelos e Vhils e a escultura natural “milagreira”, conhecida como o Penedo da Fonte Santa. Em Alvite, o almoço, um ‘repasto serrano’, foi servido pela Gente da Nave – Associação de Promoção Social de Alvite, com acompanhamento musical popular. Visitaram, ainda, a Casa-Museu, onde assistiram a artesanato feito ao vivo, com as ‘Alvitanas a fazerem Caturnos’.

Já no segundo dia, trilharam pelo rio Távora, a começar no parque de Campismo da Barragem de Vilar, a Igreja de S. Pelágio, em Vila da Rua, o coreto e a Fonte de S. Francisco. Na Escola Profissional de Moimenta da Beira tiveram direito a um almoço tipicamente beirão, inspirado no escritor Aquilino Ribeiro. Conheceram ainda a Quinta do Ribeiro e as ruínas do Convento de S. Francisco; na cave da escola foi-lhes oferecido um Porto de Honra e depois de conhecerem o centro histórico de Moimenta da Beira, terminaram o dia com uma visita às Caves com prova dos Espumantes Terras do Demo, guiados por Lúcia Lemos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.