Greve na função pública provoca forte impacto na recolha de lixo, hospitais e escolas

12/11/2021 09:30

Os funcionários da função pública estão em greve desde as 00h00 desta sexta-feira, dia 12 de novembro.

A paralisação foi convocada pela Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública, que reivindica um aumento de 90 euros para todos os trabalhadores e um salário mínimo de 850 euros.

Esta ação já registava «forte adesão» ao início da noite de quinta-feira, principalmente «nos setores de recolha de lixo e higiene urbana», adiantou o Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL).

De acordo com o Líder da Frente Comum, Sebastião Santana, os efeitos da paralisação deverão ser mais visíveis nos serviços com atendimento ao público, como a saúde e a segurança social.

A greve está, ainda, a levar ao encerramento de muitas escolas por todo o país.

// RTP, Lusa e redação //

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *