Governo anuncia compra de 117 automotoras. Primeira será entregue em 2026

15/07/2021 16:27

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos anunciou a aprovação, em Conselho de Ministros, de uma autorização para lançar um concurso para 117 automotoras elétricas.

Da compra, 62 automotoras são para serviço urbano (34 para a linha de Cascais, 16 unidades para as restantes linhas da Área Metropolitana de Lisboa e 12 para reforço dos serviços urbanos do Porto). As outras 55 são para serviço regional.

O primeiro comboio deve ser entregue em 2026, a uma cadencia de três por mês, até 2029. A demora na chegada da primeira automotora deve-se à demora no «seu tempo» de fabrico, para além do «processo de contratação pública», explica o ministro.

Ao lançar o concurso em 2021, «conseguimos adjudicação no final de 2022 e temos sempre três anos e meio a quatro anos para conseguirmos ter primeiro comboio a ser entregue», referiu.

Este investimento tem como objetivo «substituir material obsoleto, em alguns casos com 70 anos», acrescentou o ministro, na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros.

Recorde-se que a ferrovia não foi incluída no Plano de Recuperação e Resiliência porque podia ser incluída no orçamento de longo prazo da União Europeia.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *