Espumantes Terras do Demo somam e seguem

03/07/2021 13:00

Depois de ter sido anunciada, esta quinta-feira, a conquista de duas medalhas (uma de ouro e outra de prata) no “Uva de Ouro 2021”, o espumante Terras do Demo hoje alcançada mais três, de prata, na 28ª edição do “Concurso Mundial de Bruxelas”.

A distinção foi para os Terras do Demo “Olho de Perdiz – Rosé (2019) ”, “Malvasia Fina – Branco (2019)” e “Verdelho (2017)”.

“Estamos muito satisfeitos. Estas distinções provam que o trabalho que temos vindo a empreender vai na melhor direção. É uma ação coletiva e concertada que envolve os produtores, os homens que trabalham a terra, os colaboradores da Cooperativa e das outras organizações”, explica João Silva, Presidente da Direção da Cooperativa Agrícola do Távora, em Moimenta da Beira.

No Concurso Mundial de Bruxelas, cerca de 10 mil vinhos estiveram em prova. Portugal, que obteve 353 medalhas, foi ultrapassado pela França, que liderou com 807, Espanha (549) e Itália (453).

O evento contou com um grupo de 280 provadores oriundos de vários pontos do mundo e com uma equipa multidisciplinar composta por especialistas de várias áreas do setor vinícola, enólogos, jornalistas, peritos em comunicação e marketing, todos eles dedicados ao mundo do vinho.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *