Escolas de Viseu garantem alimentação para alunos durante o período de interrupção letiva

06/01/2022 11:10

Desde o dia 27 de dezembro e até amanhã, dia 7 de janeiro, o Município garante, através das escolas de Viseu, as refeições a vários alunos beneficiários da ação social escolar e a alunos que, não sendo beneficiários desse apoio, têm carência do mesmo. O apoio alimentar também se estende aos alunos com necessidades de acolhimento.

Segundo dados disponibilizados pela autarquia, em média, estão a ser disponibilizadas 105 refeições diárias em regime presencial e de takeaway, e entregues 260 cabazes de alimentos destinados às crianças e aos jovens do concelho das escolas dos cinco agrupamentos e das três secundárias.

«A empresa que está a fornecer as refeições e os cabazes recorre, maioritariamente, aos produtores locais para adquirir os alimentos», adianta o município.

Pelo menos uma escola de cada agrupamento foi designada como Escola de Acolhimento dos filhos e outros dependentes a cargo dos trabalhadores cuja mobilização para o serviço ou prontidão impedia a assistência aos mesmos. Assim, fazem parte da Rede de Escolas de Acolhimento a: EB de Mundão, EB Mestre Arnaldo Malho, EB Azeredo Perdigão, EB Aquilino Ribeiro, EB Grão Vasco e EB da Ribeira.

Segundo o Presidente da Câmara Municipal de Viseu, Fernando Ruas, «esta é uma iniciativa de extrema importância, já que é nas escolas que muitas crianças e jovens têm acesso à refeição mais rica e nutritiva do dia. O Município de Viseu está atento às necessidades das famílias, não deixando de prestar o apoio necessário, numa altura particularmente difícil, e agradece o empenho das direções das escolas e do pessoal docente e não docente que garante o sucesso desta ação no terreno».

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.