COVID-19: Distrito de Viseu não recua no desconfinamento. Castro Daire fica sob alerta

24/06/2021 20:08

Castro Daire é o único concelho do distrito que se encontra sob estado de alerta, uma vez que regista, pela primeira vez, uma taxa de incidência superior aos limites definidos dos 120 ou 240 casos por 100 mil habitantes, no caso dos concelhos de baixa densidade.

A decisão foi tomada esta quinta-feira, 24 de junho, pelo Governo, na nova avaliação semanal da situação pandémica.

Nenhum concelho da região de Viseu vai recuar no desconfinamento, pela terceira semana consecutiva.

Estava prevista uma nova fase de desconfinamento para entrar em vigor a 28 de junho, mas tal não vai acontecer.

Nesse dia, estava previsto que os transportes públicos deixassem de ter restrições na lotação e que as lojas do cidadão deixassem de fazer atendimentos apenas por marcação prévia.

Assim, à exceção dos concelhos que recuam no desconfinamento, todo o país vai continuar sujeito às medidas que entraram em vigor a 14 de junho, incluindo o teletrabalho recomendado nas atividades que o permitam.

Os restaurantes, cafés e pastelarias só podem receber um máximo de seis pessoas no interior ou dez em esplanadas e o horário mantém-se até à meia-noite para admissão e 1h00 da manhã para encerramento do local.

O comércio só deverá estar aberto com o horário com o qual está autorizado. Os transportes públicos terão apenas a lotação de dois terços ou com a totalidade nos transportes que funcionem exclusivamente com lugares sentados.

Os espetáculos culturais podem ser realizados até à meia-noite, enquanto as salas de espetáculos terão lotação máxima de 50 por cento. No exterior, as peças devem decorrer com lugares marcados.

No desporto, os escalões de formação e as modalidades amadoras têm lugares marcados e os recintos têm 33 por cento da lotação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *