Conheça as novas medidas de combate à COVID-19

06/01/2022 13:18

Depois da reunião de especialistas do Infarmed, decorreu, esta quinta-feira, um conselho de ministros que definiu as novas regras para o país.

Segundo António Costa, «quer com os dados conhecidos nacionalmente, e internacionalmente», e apesar da alta transmissibilidade da variante da OMICRON, «tem sido evidente que esta oferece menos severidade».

Assim, segundo o primeiro-ministro é possível «avançar na próxima semana com cautela». As medidas entram em vigor, já na segunda-feira, e são as seguintes:

Escolas

Será possível retornar as aulas na próxima segunda-feira, a partir de 10 de janeiro.

Quando existir um caso positivo, não será necessário toda a turma fazer isolamento.

E testagem, antes do arranque, de todos os profissionais nas escolas. 

Estabelecimentos comerciais:

Termina a proibição da não realização de saldos na lojas

Permanece a limitação de uma pessoa por 5 metros quadrados

Manutenção do controlo nas fronteiras:

Teste negativo para voos que cheguem a Portugal.

Sanções para companhias de aviação.

Teste negativo obrigatório:

Visita a lares, hospitais e grande eventos; e bares e discotecas. 

Exigência de certificado digital:

Restaurantes.

Estabelecimentos turísticos e alojamento local.

Espetáculos culturais e iniciativas com lugares marcados.

Ginásios.

A partir de 14 de janeiro, novas regras também para o teletrabalho e bares e discotecas.

Teletrabalho

Passa a ser recomendado a partir de 14 de janeiro.

Bares e discotecas:

Reabertura marcada para 14 de janeiro.

Exigência de teste para acesso.

Proibição de consumo de bebidas alcoólicas na rua.

O primeiro-ministro aproveitou também para fazer um balanço da taxa de vacinação no país. Neste momento, estão a ser vacinadas cerca de 84 mil pessoas, por dia. Até agora, 89% da população está inoculada, e com a dose de reforço mais de 3 milhões. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.