Concelho de Mangualde: Conheça os candidatos à sua freguesia

26/08/2021 19:30

Elevada a cidade a 23 de agosto de 1986, Mangualde encontra-se na sub-região de Viseu Dão-Lafões, tem 219,26 Km2 e, segundo os dados preliminares dos Censos 2021, é ocupada por 18 294 habitantes. O concelho mangualdense é composto por 12 freguesias e nas próximas eleições autárquicas apresentam-se os seguintes candidatos.

ABRUNHOSA-A-VELHA

Em Abrunhosa-a-Velha, freguesia com 17,38 Km2 e 440 habitantes, apresentam-se quatro listas ao pleito autárquico. Eduardo Albuquerque é o presidente atual desde 2013. O assistente operacional, de 46 anos, recandidata-se pelo Partido Socialista (PS), em busca do terceiro mandato. Pela Coligação Democrática Unitária (CDU), Fernando Cabral, de 41 anos, servente de obras, é o primeiro nome proposto pelo PCP. A coligação PPD/PSD – CDS-PP apresenta a votos Rui Santos, carteiro de profissão, com 51 anos. Maria Santos, empregada de hotelaria, de 56 anos, é a primeira candidata efetiva pelo CHEGA. Nas últimas eleições autárquicas, o PS foi a única lista a votos e venceu com 80,06%. 

ALCAFACHE

Com 12,94 Km2 e 881 habitantes, a freguesia de Alcafache conta com as candidaturas da CDU, PS e CHEGA. A localidade é presidida por Nelson Almeida desde 2013. O motorista, de 44 anos, procura o seu terceiro mandato, por parte do PS. Silvino Mendes, reformado de 67 anos, avança pela CDU. Nesta freguesia, o CHEGA tem como cabeça de lista Ramiro Loureiro, engenheiro agroindustrial, de 56 anos. Em 2017, Nelson Almeida venceu com 70,20%, contra os 20,48% do PPD/PSD e os 4,47 do PCP-PEV. 

CUNHA BAIXA

A freguesia da Cunha Baixa tem 15,62 Km2 de área e 801 habitantes. Nas eleições de 26 de setembro candidatam-se o PPD/PSD – CDS-PP, o PS e o CHEGA. Paulo Marques, eletricista, de 37 anos, é o presidente da freguesia há dois mandatos consecutivos e volta a candidatar-se pelo PS. A música, de 36 anos, Sandra Amaral é a primeira efetiva por parte da coligação PPD/PSD – CDS-PP, enquanto Vitor Neto, desempregado, de 49 anos, apresenta-se a sufrágio pela CDU. Na Cunha Baixa, há quatro anos, o PS venceu com 64,60%, seguido do PPD/PSD com 28,47% e 1,09% do PCP-PEV.

ESPINHO

Em Espinho, 951 habitantes ocupam os 15,31 Km2 e, nesta freguesia, o independente  António Monteiro procura a terceira eleição consecutiva. O primeiro candidato pelo movimento “Melhor Para a Nossa Terra” tem 47 anos e é técnico superior de desporto. Em 2017, alcançou uma vitória com 63,75% dos votos, contra os 33,01% dos sociais-democratas. A esta votação concorrem, ainda, Alexandrino Borges, reformado, de 74 anos, pela CDU, e António Cabral, funcionário público, de 53 anos, pelo CHEGA.

FORNOS DE MACEIRA DÃO

Em Fornos de Maceira Dão, freguesia com 16,2 Km2 e 1 306 habitantes, a atual presidente, Lisete Rodrigues, está impossibilitada de se recandidatar por limitação de mandatos. Assim, é certo que haverá um novo rosto à frente dos destinos da freguesia. Nuno Serra, operário fabril, de 25 anos, é o cabeça de lista pela CDU. Já o PS apresenta-se a eleições com Humberto Mendes, empresário, de 34 anos. Joaquim Paulo, empresário, de 55 anos, é o candidato pelo PPD/PSD – CDS-PP e, Rosa Sousa, professora aposentada, de 63 anos, é o primeiro nome do partido CHEGA. Nas últimas autárquicas, o PS venceu com 53,93% dos votos, o PPD/PSD alcançou 38,91% e o PCP-PEV 1,62%.

FREIXIOSA

A freguesia de Freixiosa tem 7,16 Km2 de área e 231 habitantes. Na última ida às urnas na autarquia, o independente Nelson Maltez de Figueiredo, que não se recandidata ao cargo, liderou a única lista que se apresentou a votos, vencendo com 56,77%. Para o sufrágio marcado para setembro, o candidato pelo PPD/PSD – CDS-PP é Filipe Pinto, economista, de 24 anos, e José Carlos de Almeida, comerciante, de 64 anos, é o nome escolhido pelo PS. 

MANGUALDE, MESQUITELA e CUNHA ALTA

Em resultado da reorganização administrativa de 2012/2013, foram agregadas as antigas freguesias de Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta. Um território de 35,25 Km2 e 9 852 residentes. Para as eleições deste ano, há já uma certeza, a mudança de liderança desta União de Freguesias. O atual presidente, Marco Almeida, é o escolhido pelo PS para a Câmara Municipal. Na calha da sucessão encontram-se cinco candidatos. Rui Pinto, engenheiro do ambiente, tem 43 anos e lidera a lista independente “Repensar Mangualde, Mesquitela e Cunha Alta”. Pela CDU, o primeiro nome é o de José Cruz, exerce a profissão de leitor – cobrador de consumos e tem 44 anos. Carlos Gonçalves, comercial aposentado, de 66 anos, vai a eleições pelo PS, enquanto Telmo Rodrigues, técnico de administração tributária, de 50 anos, é a escolha do PPD/PSD – CDS-PP. Pelo CHEGA avança António Almeida, empresário, de 48 anos. Em 2017, as eleições para a Assembleia de Freguesia resultaram na eleição do PS por 61,62%. Seguiram-se o PPD/PSD com 22,78%, CDS-PP com 3,40%, PCP-PEV com 3,22% e a lista independente tsi, com 3,03%. 

MOIMENTA DE MACEIRA DÃO E LOBELHE DO MATO

Em Moimenta de Maceira Dão e Lobelhe do Mato, freguesia com 7,15 Km2 e 728 habitantes, Rui Coelho propõem-se a um terceiro mandato, através da lista independente “Unir e Crescer”. Em 2017, o escriturário de 55 anos venceu as eleições com 55,19%, contra 38,15% do PS. Neste sufrágio, o atual presidente tem como oponentes: Jorge Marques, consultor imobiliário, de 46 anos, pelo PS e Fernando Cunha, trolha, de 38 anos, candidato proposto pelo PCP. 

QUINTELA DE AZURARA

Com 9,85 Km2 e 506 moradores, Quintela de Azurara é, atualmente, presidida por Rui Marques. O técnico superior de turismo, de 41 anos, avança para um segundo mandato, pelo PS. O professor Vítor Raposo, de 55 anos, lidera o movimento independente “Unidos Por Quintela”, enquanto Célia Aires, ajudante de ação educativa, de 49 anos, é o nome proposto pelo CHEGA. Nas últimas autárquicas, o PS venceu com 48,43%, o movimento “Unidos por Quintela” obteve 37,70% e o PPD/PSD 10,73%.  

SANTIAGO DE CASSURÃES E PÓVOA DE CERVÃES

A União de Freguesias de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães tem 30,03 Km2 e 1 220 habitantes. Desde 2017, os destinos deste território são liderados por Rui Valério. O empresário, de 40 anos, que se recandidata ao próximo sufrágio, foi eleito pelo PS, em 2017, com 48,64%, contra os 21,48% do PPD/PSD, os 13,21% do MPT, os 10,25% do FDU e os 2,22% do PCP-PEV. O atual presidente terá a oposição de Patrick Ribeiro Almeida, motorista de pesados, de 35 anos, candidato da CDU, e de Norberto de Almeida Albuquerque, mediador imobiliário, de 64 anos, que avança pelo Partido da Terra.

SÃO JOÃO DA FRESTA

Em São João da Fresta, freguesia com 7,52 Km2 e 170 habitantes, Jorge Coelho foi eleito, em 2017, para o terceiro mandato consecutivo. O candidato do PS está, assim, impedido de se recandidatar, o que garante, uma nova liderança neste território. No último escrutínio, o PS venceu com 48,37%, contra os 45,75% do PPD/PSD. Os socialistas vão continuar à frente desta freguesia, já que são os únicos a se apresentarem às eleições. Fernando Lopes, reformado, de 72 anos, é o escolhido como primeiro efetivo. 

TAVARES (CHÃS, VÁRZEA E TRAVANCA)

Na União das Freguesias de Tavares, que em 2012/2013 agregou as antigas freguesias de Chãs de Tavares, Várzea de Tavares e Travanca de Tavares, residem 1 278 pessoas, nos 35,02 Km2. Este território é liderado, desde 2013, por Alexandre Constantino que, nas eleições de setembro, se recandidata pelo PS. O autarca enfrentará nas urnas Horácio Campos, empregado de mesa, de 44 anos, por parte da CDU. Em 2017, para a Assembleia de Freguesia, o PS foi a única lista a se apresentar às eleições, obtendo 86,65% dos votos. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *