ARTIGO DE OPINIÃO: Em abril, livros mil…

13/04/2022 19:30

Há um ano, o meu primeiro artigo em colaboração com este canal de comunicação, versava a comemoração de duas datas cruciais no mundo da literatura: 2 de abril Dia Internacional do Livro Infantil e 23 de abril- Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor.  O objetivo principal da comemoração destas datas, é a promoção da leitura, através da realização de atividades diversificadas um pouco por todo o mundo, realçando-se a importância da leitura e o papel fundamental dos livros na formação integral de cada pessoa. Salientando-se a relevância do livro como bem cultural, essencial para o desenvolvimento da literacia.

Ambas as datas estão associadas a autores que, desde sempre, marcaram a história da literatura. Assim, o Dia Internacional do Livro Infantil, homenageiao escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, que nasceu no dia 2 de abril. O Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, foi escolhido pela UNESCO, em 1995, por ser um dia importante para a literatura mundial – foi a 23 de abril de 1616 que faleceu Miguel de Cervantes, foi também neste dia, em 1899, que nasceu Vladimir Nabokov. O dia 23 de abril é também recordado como o dia em que nasceu e morreu o famoso escritor inglês William Shakespeare.

A melhor forma de assinalarmos estas datas é lendo! São tantos os livros que estão disponíveis que, o difícil é a escolha! No entanto, há livros que não podemos deixar de (re)ler. Deixo apenas algumas sugestões para os mais jovens e menos jovens: A Maior Flor do Mundo; O Principezinho;  O Soldadinho de Chumbo; Úrsula, a Maior; Livro com cheiro a morango; O Cavaleiro da Dinamarca; Bichos, O Gato das Botas; História de um gaivota e do gato que a ensinou a voar; Os Lusíadas; A Ilíada; As Mil e Uma Noites; A Bíblia; Os Três Mosqueteiros; Alexandre; Os Miseráveis; Dom Quixote; Romeu e Julieta; Lolita; Crime e Castigo; Guerra e Paz; 1984; Oliver Twist; As Aventuras de Tom Sawyer; O Velho e o Mar; O Grande Gatsby, e A Metamorfose.

Para terminar, não podia deixar de partilhar a mensagem escrita para assinalar o Dia Internacional do Livro Infantil, da autoria de Richard Van Camp, intitulada, “Stories are wings that help you soar every day”:

Histórias são asas que nos ajudam a planar todos os dias

Ler é liberdade. Ler é respirar.

Ler deixa-nos ver o mundo de uma outra forma e convida-nos

para mundos que nunca vamos querer abandonar.

Ler permite que o nosso pensamento sonhe.

Dizem que os livros são amigos para a vida, e eu concordo.

O nosso universo perfeito só cresce quando lemos.

Histórias são asas que nos ajudam a planar todos os dias,

por isso escolhe os livros que te falem ao espírito, ao coração, ao pensamento.

Histórias são remédios. Elas curam. Elas confortam. Elas inspiram. Elas ensinam.

Abençoados os contadores de histórias e os leitores e os ouvintes. 

Abençoados sejam os livros. Eles são o remédio para um mundo melhor e mais brilhante.

BOAS LEITURAS…

Para refletir “O homem que não lê bons livros não tem nenhuma vantagem sobre o homem que não sabe ler.” (Mark Twain)

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.