ARTIGO DE OPINIÃO: DesconfinArte

07/10/2021 19:30

Ao longo dos últimos meses, as escolas foram-se ajustando às novas regras que trouxeram técnicas adaptadas para o ensino remoto. Professores, alunos, pais e encarregados de educação tiveram que conciliar formas de comunicação não presenciais. Em setembro demos início a um novo ano letivo e aos poucos o plano de desconfinamento foi sendo implementado. Chegando a outubro, com mais de 80% da população vacinada vamos ganhando confiança. Nas escolas os alunos vivem um clima de alívio, diria mesmo felicidade pelo regresso… a azáfama nos corredores, a conversa, o convívio e claro as aulas presenciais. Se é bom? claro que sim! Esta dinâmica é essencial. No entanto, não devemos ignorar algumas feridas trazidas por esses tempos e que é necessário curar. O isolamento, a solidão, a tristeza deixam marcas. Infelizmente não há uma fórmula mágica que as apague, mas de certa forma o regresso à escola, o regresso ao dia-a-dia, vai conseguindo suavizar… 

Com o alívio das restrições já é possível sairmos um pouco de casa, não só para as tarefas diárias, mas também para passear, conhecer novos locais, desconfinar… É essencial que o façamos!

Porque não aproveitar estes dias ensolarados de outono para fazer um passeio pelo centro histórico de Viseu, visitar a Sé Catedral ou mesmo um dos Museus da cidade, uma exposição, ir ao teatro… há imensos locais prontos a nos receber! Todas estas experiências, algumas mais artísticas do que outras, irão decerto contribuir para alcançar o bem-estar físico e mental, sarar algumas feridas e recuperar um pouco o nosso equilíbrio.

Já agora…desejo a todos um excelente regresso ao “novo normal” e que seja com muita Arte!

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *