Antigo bombeiro de Resende acusado de violar meninas numa escola volta a tribunal

12/05/2022 11:50

Um antigo comandante dos Bombeiros de Resende, que saiu do cargo em 2010, está a ser julgado por abusar de duas menores com deficiência cognitiva na arrecadação da escola onde exercia funções como coordenador de assistentes operacionais. Uma das vítimas terá sido igualmente violada em casa do arguido, depois de esta ter saído do ensino especial.

A situação foi descoberta por uma familiar que efetuou uma denúncia à GNR de Resende. O caso chocou os populares, uma vez que o arguido era bem conhecido, tendo desempenhado altas funções na Associação Humanitária local.

Depois de ter sido detido pela Polícia Judiciária do Porto, no ano passado, o indivíduo, na altura com 50 anos, foi libertado, por decisão de um juiz de instrução criminal de Viseu, ficando proibido de exercer funções e de contactar com menores.

O ex-bombeiros está atualmente acusado de 83 crimes sexuais e esta quarta-feira decorreu nova sessão no Tribunal de Viseu.

Fonte: CM/JN

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.